Cidadão Repórter

(66)984617945
Juara(MT), Sábado, 08 de Maio de 2021 - 11:30
20/04/2021 as 13:55 | Por Portal Do Arinos | 154
Por prevenção ao Covid 19, atendimentos presenciais estão suspensos no Museu do Vale do Arinos
O objetivo é Fomentar toda região do Vale do Arinos dentro da área artística e cultural.
Fotografo: Portal do Arinos
Foto do fato

Devido aos decretos Estadual e Municipal que contém as medidas restritas de prevenção contra o novo coronavirus (Covid 19), que inclusive restringe a quantidade de pessoas em locais públicos por metros quadros, a direção do Museu do Vale do Arinos optou por suspender temporariamente os atendimentos ao público, conforme explica o diretor José Guilherme diretor do Museu.

Como o Museu tem um espaço pequeno, e o decreto que prevê o atendimento de 30% da capacidade máxima de atendimentos, nesse caso seria somente de 04 pessoas dentro dos metros quadrados do Museu.

Diante disso fica autorizado somente o atendimento para os povos indígenas que durante esse período de pandemia vários projetos para captação de recursos para o fomento cultural dentro das áreas indígenas.

Todos os materiais da Câmara de Atinologia voltada para os povos indígenas entre Juara e Juina referente a terra Japurai (Equickibaza) são expostos no Museu para amostra e vendas.

Dos materiais mais antigos do Museu estão as Cerâmicas Kaiabi que foi e encontrado pelo professor Saulo Augusto de Moraes em uma expedição realizada pelo Instituto Eucuman, uma organização que vem realizando vários trabalhos na parte da educação patrimonial em Juara e região.

A datação dos materiais arqueológicos é possível ser feita somente Recife ou na Califórnia nos Estados Unidos, mas como o valor é muito alto e o museu ainda não possui recurso suficiente, isso é feito a parte, por exemplo, as pedras arqueológicas já estão registradas, os das Cerâmicas Kaiabi ainda não foram registrados, conforme explicou José Guilherme diretor do Museu do Vale do Arinos.

“O museu é considerado uma Instituição de ‘Salva Guarda’, uma vez que é responsável por captar todos os materiais históricos, material cultura e divulgar a população, porque uma população que não tem memoria é uma cidade sem historia, e Juara já tinha habitantes mesmo antes da colonização, bem como todo o histórico colonizador Zé Paraná e suas perspectivas de historias que foi a dos povos indígenas”, destacou o diretor do José Guilherme.

O objetivo é Fomentar toda região do Vale do Arinos dentro da área artística e cultural.

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil