Fotografo: Portaldoarinos/Soan de Barros
...
Vereadores de Novo Horizonte do Norte.

Na noite da última segunda-feira, dia 08 de julho, a Câmara de vereadores de Novo Horizonte do Norte realizou a última Sessão Ordinária antes do recesso parlamentar, que inicia a partir do dia 17 de julho.

Na ordem do dia, apenas dois projetos deram entrada, sendo um aprovado por unanimidade e outro reprovado por 07 votos a 01.

Após a Sessão, vereadores fizeram um balanço das ações parlamentares realizadas durante os primeiros 06 meses do ano, destacando suas relações entre prefeito, deputados estaduais e bancada federal.

O presidente da Câmara, vereador Ademar de Souza Pena parabenizou o prefeito Silvano Pereira Neves pelo desempenho de seus trabalhos frente ao Executivo Municipal e destacou a parceria com os vereadores, o qual ele classifica como nota dez, porque todos os projetos que vieram da prefeitura em prol da coletividade foram aprovados. “Não há rivalidade, e sim divergências de pensamentos entre os poderes, frisou o presidente”.

Foto de Perfil

O vereador Bila Uliane que presidiu a Casa de Leis por duas gestões, inclusive sendo presidente neste ano, disse que os trabalhos foram muito gratificante nos primeiros 06 meses deste ano, e como presidente da Câmara procurou fazer o melhor, levando em conta a escassez de recursos, mas menos assim, conseguiu fazer uma boa melhora nas estruturas da Câmara, apesar de que seu objetivo era ter feito muito mais. Bila parabenizou o prefeito Silvano Pereira Neves e enfatizou a acessibilidade que os vereadores têm em dialogar com o prefeito a respeito dos projetos, e a forma atenciosa com que o prefeito trata os vereadores, e disse que mesmo em recesso da Câmara, ele estará sempre a disposição da sociedade.

O primeiro secretário da mesa diretora da Câmara, vereador Rodrigo Marques do DEM destacou o trabalho árduo que os vereadores tiveram ao longo desses 06 meses de 2019, com viagens a Cuiabá e Brasília em buscas de recursos para o município, acompanhando o prefeito, e que apesar o cenário de dificuldades financeiras nos municípios, estado e país, os trabalhos surtiram efeitos, e algumas emendas estão previstas a serem liberadas por alguns deputados federais, mas que não está descartada uma nova viagem a Brasília após o recesso para cobrar a liberação das emendas parlamentares.

Já o vereador Geraldinho destacou a boa relação com o prefeito municipal e disse que durante os primeiros 06 meses do ano acompanhou o prefeito Silvano em audiências em Cuiabá na secretaria estadual de agricultura e secretaria de transporte e gabinetes dos deputados, bem como acompanhou o prefeito e demais vereadores na última viagem a Brasília.  “Às vezes, os políticos acham estranho, porque somos adversários políticos e andamos juntos, mas quero deixar bem claro que, somos posição somente na  teoria em virtude da coligação dos partidos, mas na prática tudo aquilo que for de bom e de interesse da coletividade novo Horizontina dentro das formalidades legais estarei a favor”. Geraldinho disse que a população não é obrigada a pagar por desavenças politicas, e que na Câmara, ele tem feito sua parte dentro das medidas legais em defesa da sociedade e em parceria com o Pode Executivo municipal.

Foto de Perfil

Para o vereador Mané do DEM, a avaliação dos trabalhos foram consideradas medianas em virtude dos desgastes políticos administrativos e financeiros nas esferas municipais, estaduais e  federais. Disse ainda que um de seus pedidos foi feito a dois e ainda não foi atendido pelo Executivo Municipal, mas classificou como boa as ações de trabalho, uma vez que está havendo união entre os vereadores, porque os debates são proveitosos, onde todos estão empenhados em defender Novo Horizonte do Norte. Durante esse primeiro semestre foi vários projetos de grandes relevâncias aprovados em prol da comunidade, e a expectativa é de que os retornos dos trabalhos sejam ainda mais proveitosos, explicou o vereador.

Por sua vez, o vereador Durval Silvério, um dos veteranos da Casa de Leis falou do seu posicionamento contrário a obra de implantação do aterro sanitário na região de assentamento em Novo Horizonte do Norte, e disse que sempre teve posicionamento contrário sobre essa obra. Ele explicou que a região possui vários assentamentos, justamente na parte onde a empresa pretende instalar o aterro é uma área de reserva, e isso precisa ser respeitado, sem contar que por passam os córregos, Bandeiras e o Caracol que abastece a cidade.

“Peço parceria para os demais vereadores e o entendimento deles nessa questão, porque o aterro pode até ser feito, mas somente para atender nosso município, e esse valor poderá ser conseguido através de convenio com estado, porque acredito que é um valor razoável que dá para  fazer essa obra, frisou vereador Durval Silvério. Todos os vereadores foram unanimes em dizer que se houve necessidade de aprovação de um projeto, mesmo dentro do recesso parlamentar, eles estarão a disposição para apreciar e votar.