Fotografo: Assessoria de imprensa
...
Foto do ato

No último dia 14 de novembro, quinta feira, vereadores de pelo menos 31 municípios de Mato Grosso se reuniram na capital do estado para um ato de manifesto contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), também chamada de PEC do Pacto que inclui a extinção de municípios com menos de 05 (cinco) mil habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total.

O manifesto foi promovido pela União das Câmaras Municipais do Estado de Mato Grosso (UCMMAT) na sede da entidade, no bairro Centro Sul, em Cuiabá, os parlamentares se reuniram para marchar contra os desafios em defender seus municípios para que eles fiquem sob comando de outros municípios de sua região a partir de 2025, conforme prevê a PEC.

Um grupo de vereadores da cidade de Novo Horizonte do Norte, município da região do Vale do Arinos, uma das cidades que poderá ser impactada caso a PEC seja aprovada no congresso nacional, estiverem em Cuiabá para defender a cidade Simpatia.

Os vereadores foram André Dominiak (Dedé), Valdete, Bila Uliana, Geraldinho, vice-presidente da mesa diretora e primeiro secretário, Rodrigo Marques.

Para o vereador (DEM), a reunião integrada das entidades constituintes foi muito proveitosa e que explicou que não são totalmente contra a PEC 188, mas sim contra o item que fala especificamente contra a exclusão desses municípios onde foi assinado um termo do manifesto que foi encaminhado aos deputados em Brasília.

Ele aposta que os novos dados do Censo de 2020 poderão mostrar melhor a realidade do município em termo de população e que a referida PEC não passe pela aprovação do congresso antes mesmo de ser colocada uma emenda nos quesitos em debates.

Segundo o presidente da UCMMAT, Edclay Coelho avaliou o ato como positivo  com a presença dos respectivos representantes, fato que ganhou aval dos demais vereadores como, André Dominiak (Dedé), Valdete, Bila Uliana, Geraldinho que encabeçaram a ideia em defesa de Novo Horizonte do Norte.