Fotografo: Portaldoarinos/SoandeBarros
...
Maria Teles de Brito

Mesmo com várias manifestações sindicais contra as mudanças da aposentadoria na Previdência Rural desde o ano de 2016, ela foi aprovada no congresso e sancionada pelo governo federal e sofreu algumas alterações.

A presidente do Sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais (STTR) de Juara, Maria Teles de Brito, a entidade representativa sempre lutou para defender a classe, e explica detalhes de algumas mudanças para que o trabalhador rural se aposente.

Na antiga Previdência Rural, para se aposentar, o produtor teria que comprovar a atividade rural e com a nova regra, ele precisa comprovar a produção com as notas de vendas de tudo aquilo que foi produzido em sua propriedade seja porco, galinha, vendas de milho, mandioca entre outros.

A mulher trabalhadora rural se aposenta com idade de 55 anos e o homem com 60 anos. Da mesma forma, o trabalhador assalariado rural masculino também se aposenta com 60 anos tendo pagado todas suas contribuições sindicais.

Para isso, os associados com idade a se aposentar podem procurar o sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais (STTR) de Juara para que seja feita o processo e encaminhado do Instituto de Seguridade Social (INSS) através do INSS digital com todos os procedimentos, onde o STTR auxilia o trabalhador em busca de sua aposentadoria.

O STTR representa até 04 módulos fiscais que são 400 hectares de terras, e além disse a entidade presta serviço retirando toda certidão do trabalhador para saber se ele está ou não negativado, ou possui qualquer divida ativa, auxiliando naquilo que for do alcance da entidade, até mesmo na renegociação das dividas.

Durante a gestão da presidência de Maria Teles de Brito e sua diretoria, o Sindicato já obtive várias conquistas e sempre vem trabalhando com afinco em buscas de melhorias para a classe produtora rural dentro de suas possibilidades e limitações.

De acordo com a presidente Maria Teles, o sistema digital do STTR é muito importante porque todos os sindicatos possuem acesso ao cadastro do trabalhador. Ela disse que no geral, o Sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais (STTR) possui cerca de 05 mil associados, porém, desses, atualmente a quantidade de associados é bem inferior.

Isso ocorreu, segundo ela, porque no inicio da colonização em Juara praticamente todos eram trabalhadores rurais, e para se consultar no hospital era necessário ser filiado ao sindicato, então por isso esse quantitativo de filiado, onde a maioria está com divida ativa no sindicato.

“Todos aqueles que são filiados ao sindicato e possuem divida ativa com o órgão deverão procurar a entidade e dar baixa na filiação, porque caso contrário a divida continuará em andamento e poderá sofrer execução por parte do governo federal que já fez alerta ao STTR”, ressaltou a presidente.