Fotografo: sonoticias
...
Ilustração

Pecuaristas seguiram retraídos esperando melhores ofertas de preços, na última semana, no Estado. Mesmo assim, a cotação do boi e da vaca gorda registraram leves quedas no comparativo semanal, de 0,59% e 1,95%, respectivamente, informou, ontem à tarde, o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no segundo boletim do mês da pecuária.

“O mercado de reposição segue em relativa estabilidade, com recriadores comedidos nas compras.Assim, o bezerro de ano na semana passada ficou cotado a R$ 1.570,14/cabeça, queda de apenas 0,16% no comparativo semanal”. As escalas de abates também variaram pouco em relação à semana passada, apenas +0,40 dia, fechando em 7,06 dias. Os frigoríficos ainda relatam dificuldade de encontrar animais para abate.

O instituto  aponta que, com o varejo ainda com estoques preenchidos, os preços no atacado seguem em queda. Com isso, o equivalente físico na semana passada caiu -3,47%.

Na última sexta-feira, o preço da arroba do boi gordo no Nortão estava em R$ 164,80. Na região Noroeste, R$ 174,48, no Médio Norte a R$ 170,86 e na região Sudeste de Mato Grosso a cotação era R$ 178,22.