Fotografo: Polícia Militar de Mato Grosso
...
Foto meramente ilustrativa

A Polícia Militar de Mato Grosso, emitiu alerta a população sobre o “golpe das panelas”.

Segundo a PM, pessoas se passam por vendedores de panelas e utensílios domésticos em domicílio.

Os vendedores, que aceitam o pagamento apenas no cartão, copiam os dados bancários das vítimas em uma outra máquina e descontam duas vezes o valor da compra.

De acordo com o setor de inteligência da PM, a ação criminosa é chamada de “golpe das panelas” e é uma velha conhecida da polícia. A atuação da quadrilha que circula em vias públicas em um carro oferecendo os produtos foi registrada no ano de 2017, em Mato Grosso e outros estados.

Este ano, os policiais já identificaram novas vítimas do golpe no Estado vizinho de Rondônia.

Os golpistas dizem que vendem panelas alemãs, facas e outros utensílios. Uma das vítimas que comprou os produtos da quadrilha chegou a pagar por duas vezes o valor de dois mil e 300 reais e teve os dados dos cartões clonados.

Para evitar que entrem em Mato Grosso, a PM faz o alerta a população e em um trabalho minucioso, os policiais militares de inteligência já estão identificando possíveis integrantes da quadrilha de golpistas.

O Diretor da Agência Central de Inteligência da PM, tenente-coronel Fabio de Souza Andrade explica que os golpistas se disfarçam de vendedores de utensílios domésticos, principalmente de panelas falsificadas.

Ao fazer uma compra, a PM orienta à população para não fornecer dados pessoais a terceiros.

O cliente deve ficar atento quando for usar o cartão, se caso efetuar a compra, peça o comprovante e verifique se tudo está correto. Qualquer ação suspeita do vendedor, exija o cancelamento da transação do cartão, acione a Polícia Militar por meio do 190 ou pelo disque denúncia 0800 - 65 3939.