Fotografo: Assessoria de imprensa
...
Vereador Geraldinho

Indignado com a atuação situação anunciada pelo governo Bolsonaro referente a medida Propostas de Emenda à Constituição (PECs) que governo Bolsonaro propõe sobre a extinção de municípios com menos de 5 mil habitantes em todo País, vereador Geraldo também foi enfático demonstrando insatisfação com o caso.

Ele usou a tribuna soberana na Sessão Ordinária da Câmara de vereadores na noite desta segunda-feira, dia 11 de novembro falou das ações desenvolvidas em Novo Horizonte do Norte e disse confiante na união de todos em defesa dessa causa para que o município não volte a virar distrito.

Quanto ao projeto de Lei de Diretrizes Orçamentária, Geraldinho preferiu não comentar, porque segundo ele é um projeto muito complexo que deve ser votado antes do final de dezembro.

O vereador destacou ainda a questão dos 10% de arrecadação própria e explica que o objetivo é lutar para aumentar mais esse percentual e se possível trazer mais pessoas para morar na cidade.

“Aqui é o lugar onde temos nossas coisas, plantamos colhemos e estamos lutando por dias melhores e aos poucos estamos conseguindo, e digo mais, mesmo que Novo Horizonte do Norte volte a virar distrito, seja de Juara ou de Porto dos Gaúchos, eu jamais mudarei daqui, não é desfeita não e nem menosprezando os municípios vizinhos, mas é porque foi aqui que criei meus filhos construí minha família e vou lutar por essa terra”, concluiu o vereador em suas palavras.

Geraldinho também irá compor o grupo de vereadores que participarão de um manifesto com os representantes da UCMMAT - União das Câmaras Municipais de Mato Grosso, e acrescentou que aposta em projeto de emenda parlamentar referente a Propostas de Emenda à Constituição do presidente Bolsonaro.