Fotografo: Reprodução/google
...
foto meramente ilustrativa

Os dados de pessoas contaminadas com o vírus HIV e Sífilis têm aumentado em todo Estado de Mato Grosso, e em Juara e no Vale do Arinos pode ser observado o aumento considerado alto, conforme relatou a enfermeira, Cristiane Ávila, coordenadora do CTA – Centro de Testagem e Aconselhamento de Juara.

Somente em tratamento já constado oficialmente com o vírus HIV são cerca de 135 paciente que tomam o medicamento “coquetel antiaids), e já ´s pacientes em tratamento com sífilis, até ´ultimo fechamento contabilizou cerca de 70 pessoas com registro positivo no CTA.

Para evitar a contaminação pelas ISTs, que são infecções sexualmente transmissíveis, o melhor remédio é o uso de preservativo, que serve tanto para evitar gravidez como também para evitar contaminação por vírus de diversas doenças.

A pessoa que fizer o exame e constar a infecção deverá procurar o CTA – Centro de Testagem e Aconselhamento de Juara ou de seu município e providenciar o tratamento mais breve possível, seguindo todas as regras e medicas médicas estabelecidas, e tudo de forma gratuita e sigilosa.

Em entrevista a reportagem da Rádio Tucunaré e acessenoticias, a enfermeira, Cristiane Ávila, coordenadora do CTA fez um balaço da campanha “Julho Amarelo” desencadeada em parcerias com as drogarias de Juara e falou sobre a constatação dos casos relacionados as doenças por ISTs.