Fotografo: Reporter/MT
...
Foto do ato

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), arquivou o projeto da Mesa Diretora que concentrava as sessões plenárias em apenas dois dias da semana.

Antes de retirar a proposta de pauta, o democrata consultou os parlamentares e a maioria não aprovou a proposta.

“Temos um projeto que foi proposto pela Mesa que está em andamento para concentrar às sessões nas quartas-feiras. Parece que a maioria não está concordando e a opinião pública, do modo geral, está contra. Então, gostaria de pedir a autorização de vocês para retirar esse projeto de pauta”, disse Botelho durante a sessão vespertina de terça-feira (05).

O projeto tinha como intenção que as sessões fossem realizadas em apenas dois dias consecutivos da semana para possibilitar que os deputados percorressem o interior do Estado e, com isso, atender a demanda da população.

Atualmente, às quatro sessões são realizadas as terças, quartas e quintas-feiras. Caso a medida fosse aprovada, as sessões de quinta iriam se concentrar às quartas, que passaria ter três sessões.

Na última semana, o deputado Wilson Santos (PSDB) pediu vistas para tentar convencer os colegas de parlamento a manter o atual calendário. Para o deputado a concentração precariza as qualidades das discussões e os debates sobre temas importantes para o Estado.