Juara(MT), Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020 - 11:16
22/11/2020 as 10:21 | Por Reuters | 36
Adido do USDA mantém safra de café 20/21 do Brasil estimada em 67,9 mi sacas
O USDA estima que os agricultores venderam cerca de 70% da enorme safra até este momento.
Fotografo: Reuters
Foto meramente ilistrativa

O volume é um recorde, superando a máxima anterior de 66,5 milhões de sacas produzidas na temporada 2018/19, segundo o USDA, que acrescentou que a qualidade também foi muito boa, considerando o tamanho dos grãos e o sabor tanto para a variedade robusta quanto para a arábica.

O relatório do adido fixou a produção de arábica em 47,8 milhões de sacas, 5,8 milhões de sacas a mais do que na temporada anterior, e a safra de robusta em 20,1 milhões de sacas, contra 18,5 milhões de sacas no ano anterior.

O USDA estima que os agricultores venderam cerca de 70% da enorme safra até este momento.

O departamento projeta as exportações de café verde do Brasil em 2020/21 em 37 milhões de sacas, ante embarques de 36,2 milhões de sacas reportados pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) em 2019/20.

O relatório estima que o consumo local de café no Brasil não vai crescer em 2020/21, mantendo-se no mesmo nível visto no ano anterior, de 23,5 milhões de sacas.

O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo, além de segundo maior consumidor, atrás apenas dos Estados Unidos.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil