Fotografo: Polícia Militar
...
Arma apreendida

A Polícia Judiciária Civil de Porto dos Gaúchos abrirá inquérito para investigar o fato ocorrido no último domingo, dia 06 de outubro, na comunidade São João, distrito à 52 km da sede do município, onde um homem de 40 anos foi detido acusado de ter utilizado uma arma de fogo, espingarda calibre 32 com a finalidade de intimidar o colega de trabalho, cuja vítima tem 50 anos de idade.

De acordo com informações do site Portonoticias, a prisão do acusado foi feita pelos policiais militares de Porto dos Gaúchos e Novo Horizonte do Norte.

Na versão da vítima para a Polícia Militar, ele e o acusado estavam ingerindo bebida alcoólica na fazenda com outros trabalhadores e se desentenderam momento em que o acusado teria praticado tal ato e efetuado um disparo com a arma em sua direção.

Diante dos relatos da vítima, o suspeito foi detido em casa com a suposta arma do crime, porém, negou a versão dada pela vítima, mas a espingarda foi localizada em baixo da cama pelos policiais, após denuncia.

O acusado foi levado juntamente com a arma de fogo e apresentado a Polícia Judiciária Civil de Porto dos Gaúchos que ficou incumbida dos demais procedimentos do caso na formalidade da lei.